Pular para o conteúdo principal
Lean Manufacturing

As ferramentas e técnicas utilizadas na implantação e manutenção do Lean, são como pilares que servem de sustentação para todo o sistema.

Estes pilares são:

5S
Ferramenta da Gestão pela Qualidade Total que cria um sistema de padronização e organização no ambiente de trabalho. È formado por cinco palavras japonesas, que iniciam com “S”, sendo cada palavra uma etapa de implantação deste sistema.

GESTÃO VISUAL
Todos os indicadores, informações, ferramentas, peças e ações da produção ficam a vista, ao acesso de todos, permitindo em uma simples olhada, que qualquer pessoa saiba sobre o estado atual do sistema.

OTIMIZAÇÃO DE LAYOUT
A distribuição das máquinas na fábrica, deve estar de acordo com uma sequência operacional ótima, para uma produção focada no processo e não na operação.

TRABALHO PADRÃO
Sem a padronização dos processos, não existe sucesso na implantação do Lean. A eficiência dos processos está intimamente ligada a sua aderência a métodos previstos, sem desperdícios e com segurança.

SINCRONIZAÇÃO DO FLUXO DE PRODUÇÃO
O lote de transferência de peça ideal é o unitário. Quando não for possível deve-se buscar minimizá-lo. Lotes grandes de transferência escondem ineficiências e geralmente maximizam os defeitos de produção.

PESSOAS
As pessoas devem ser envolvidas ao extremo. Não é permitida a omissão de informações que estão ligadas ao seu dia a dia. Sem o envolvimento das pessoas, geralmente o Lean, não passa de mais um “mega” projeto da alta gestão.

QUALIDADE NA FONTE
Os processos devem garantir a qualidade das peças, mas até se conquistar esta situação desejável, temos que garantir que produzimos e passamos para a próxima operação apenas peças boas. Desta forma os próprios operadores realizam o controle do processo e inspecionam as peças, parando a produção sempre que for encontrado algum desvio ou tendência de falha. Métodos simples de bloqueio ao erro humano (poka-yoke) geram ótimos resultados de controle.

TROCA RÁPIDA DE FERRAMENTA
A competência de trocar rapidamente ferramentas e acessórios, agrega ao processo uma maior flexibilidade permitindo produzir em um mesmo equipamento produtos diversificados e em menores lotes.

ARMAZENAMENTO NO PONTO DE USO
Devem ser armazenados no local onde são utilizados: todo o padrão operacional, ferramenta, matéria-prima e informação.

PRODUÇÃO PUXADA E KANBAN
Sob este sistema de produção em cascata e instruções de entrega, originada na operação posterior, a operação anterior nada produz até que a operação posterior sinalize através do sistema kanban a sua necessidade.

PRODUÇÃO CELULAR
O fluxo unitário de peças tem como objetivo ligar fisicamente cada etapa do processo produtivo, organizando-o de forma que seja mais eficiente, aumentando o valor agregado e minimizando os desperdícios.

MANUTENÇÃO PRODUTIVA TOTAL
Tem como objetivo principal aumentar a disponibilidade técnica dos ativos da empresa, maximizando a eficiência global dos equipamentos. Através da utilização das boas práticas da manutenção mundial é possível minimizar as intervenções, avançando de uma manutenção reativa para uma manutenção proativa.

Os pilares do Lean manufacturing são interconexos, podendo ser implantados em série.  Além dos pilares, outros conceitos são utilizados como ferramentas do Lean, tais como o Gemba (caminhada no chão de fábrica), Jidoka (autonomação) e Kaizen (melhoria contínua). O aconselhável é que seja escolhida uma área piloto, geralmente um gargalo ou restrição para a implantação destes.

Colaboração: Everton Silva

Vídeo Relacionado

O Sistema Toyota de Produção, também conhecido como Toyotismo, é um sistema de produção desenvolvido pela Toyota entre 1947 e 1975, que aumenta a produtividade e a eficiência, evitando o desperdício sem criar estoque, como tempo de espera, superprodução, gargalos de transporte, inventário desnecessário, entre outros.

Neste vídeo você irá conhecer as origens do Sistema Toyota de Produção. O filme mostra a história da Toyota desde os tempos da fabricação de teares até os dias atuais. Autonomação, Just in Time, Poka Yoke, Desperdícios, e Kanban são alguns dos temas abordados pelo vídeo.

Conheça uma solução para este tema
Gestão da Produção

Soluções para modernizar seu negócio para os desafios dos novos meios e tecnologias de produção.

Para saber mais, participe deste programa

Deste tempo para cá, o sistema de Manufatura Enxuta tem sido definido como uma filosofia de excelência de manufatura. De acordo com Taiichi Ohno (1988): Os valores sociais mudaram.

Lean Manufacturing

Newsletter

Faça parte de nossa rede de relacionamento, e receba novidades em seu email.
Fique tranquilo, nós não enviamos emails indesejados.

Wrapper

Deixe seu comentário

COMO PODEMOS AJUDAR?

Não encontrou o que procurava? Envie-nos um email ou conte-nos como podemos ajudar a sua empresa.

ENTRE EM CONTATO